Coreto

Localizado frente ao Santuário, criando uma relação entre o povoado, o Santuário e o próprio Palácio Real, o Coreto foi encomendado pela Confraria a Francisco da Silva Castro, em 1897.
É constituído por uma base em alvenaria e cantaria e o restante em ferro fundido, oriundo da Fundição Alliança de Massarelos, do Porto. É um bom exemplar deste género de arquitectura civil e em ferro na região.
Desde a sua inauguração até aos anos 70, o Coreto recebeu inúmeras bandas de música que abrilhantaram bailes durante as Festas de Nossa Senhora da Nazaré.
No dia 8 de Setembro de 1997 comemorou-se o centenário deste imóvel, e a partir dessa data o espaço voltou a ser utilizado para animação cultural.