Atualidade

Previsão de vento e agitação marítima para os próximos dias coloca distrito em alerta

A informação disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), prevê para os próximos dias um agravamento das condições meteorológicas, com risco associado derivado de intensificação do vento, com agravamento da agitação marítima em toda a costa.

O distrito de Leiria estará sob aviso amarelo entre as 03:00 de 14/11 e as 00:00 de 15/11, com vento do quadrante Noroeste forte  (<45 Km/h)  com rajadas que podem atingir os 80 Km/h .

Entre as 06:52 de dia 13/11 e as   06:00 de 14/11, e entre as 03:00 de dia 14/11 e as 06:00 horas de dia 15/11 prevê-se agitação marítima com ondas de noroeste com 4 a 5 metros.

Entre as 06:00 de dia 14/11 e as 12:00 de dia 15/11 são esperadas ondas de noroeste com 4 a 5 metros e ondas máximas a poderem atingir 14 metros, e que colocam o distrito sob aviso laranja.

Face à situação prevista, poderão ocorrer danos em estruturas montadas ou suspensas; dificuldades de drenagem em sistemas urbanos, nomeadamente as verificadas em períodos de preia-mar, podendo causar inundações nos locais historicamente mais vulneráveis; possibilidade de queda de ramos ou árvores em virtude de vento mais forte; possíveis acidentes na orla costeira; fenómenos geomorfológicos causados por instabilização de vertentes associados à saturação dos solos, pela perda da sua consistência.

Como medidas preventivas, o Serviço Municipal de Proteção Civil recorda que o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados, pelo que, e em particular nas zonas historicamente mais vulneráveis, se recomenda a observação e divulgação das principais medidas de autoproteção para estas situações, nomeadamente: 
Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao  livre escoamento das águas; Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com as rajadas de vento; Garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas; Ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atento para a possibilidade de queda de ramos e árvores, em virtude de vento mais forte; Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a galgamentos costeiros, evitando se possível a circulação e permanência nestes locais; Não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos muito próximos da orla marítima; Respeitar a sinalética de proibição de presença junta à orla costeira, concretamente junto a falésias ou outros locais com perigo de queda, derrocada ou deslizamento de terras.

Recomenda-se que a população fique atenta às informações da meteorologia e às indicações das Forças de Segurança e do Serviço Municipal de Proteção Civil, que monitorizará a evolução das condições meteorológicas e caso se justifique prestará novas informações.