Política

AAE de Valado dos Frades concluída deverá ser inaugurada depois do verão

 

O Município da Nazaré e as empresas Vibeiras e EDP anunciaram, hoje, a conclusão da rede elétrica da Área de Acolhimento Empresarial de Valado dos Frades (AAE), que ficará pronta amanhã (9 de fevereiro).
 
Prevê-se que a inauguração oficial da AAE, um investimento superior a 5 milhões de euros (5.132.025,60€) com a comparticipação FEDER de 1,7 milhões de euros, aconteça depois do verão, logo após a conclusão da empreitada de asfaltamento.

O lançamento dos processos de venda tem corrido de forma bastante positiva. Cerca de 70% dos lotes (34 lotes) do parque, composto por uma área de aproximadamente 29,64 há, estão vendidos, estando as infraestruturas necessárias ao seu funcionamento instaladas (energia elétrica, comunicações, saneamento, acessos, parqueamento, áreas verdes e de lazer).

Para além da empresa de moldes já em laboração (com ligação à EDP e restantes empresas fornecedoras de serviços) mais duas iniciaram o processo para a instalação (Jorge Vieira, Unipessoal e Luís Silvério e Filhos), estando previsto que as empresas ALITEC, ROTOM e Manuel Carlos, Unipessoal se fixem no local ainda durante o primeiro semestre do ano.

“A atual gestão sempre classificou este equipamento como um investimento estruturante para o futuro do concelho, no sentido da diversificação do tecido económico e da criação de emprego”, diz Walter Chicharro, Presidente da Câmara Municipal.

A promoção da qualificação territorial e dos recursos humanos; captação de investimento diversificado e criação de postos de trabalho; dinamização das atividades económicas e do empreendedorismo; valorização da competitividade; inovação e internacionalização, em alinhamento com o eixo estratégico municipal de revitalização e modernização da base económica do concelho e com as políticas regionais (POR Centro/EIDT Oeste) são alguns dos objetivos propostos alcançar pelo Município com a entrada em funcionamento de um projeto com algumas décadas.

“Nos últimos 3 anos construímos este equipamento quase de raiz, criámos condições para que as empresas viessem e vendemos lotes. O projeto da Área de Acolhimento Empresarial de Valado dos Frades tem 30 anos. Esteve parado durante cerca de 3 décadas. Hoje é uma realidade. Este é o trabalho que temos vindo a desenvolver, com extrema dedicação e empenho, sempre em prol do concelho e das suas populações”.