Sociedade

Bombeiros Voluntários da Nazaré comemoram 89 anos

 

Os Bombeiros Voluntários da Nazaré fazem 89 anos ao serviço da população.

A data foi comemorada, hoje, por bombeiros, famílias, empresários, dirigentes e autarcas, com a entrega de donativos, a promoção de oito novos elementos à categoria de bombeiro de 3.ª, e a atribuição do grau de ouro com a medalha de Serviços Distintos aos empresários Luís Silvério e Luís Tereso, pela colaboração com a Associação Humanitária.

No seu discurso comemorativo da data, João Paulo Estrelinha, comandante da Corporação, recordou que “se têm travado batalhas difíceis nestes cinco anos de comando, mas não temos falhado na resposta às solicitações”, também devido “ao apoio que a sociedade civil tem dado, e aos contributos dos empresários, e da Câmara Municipal da Nazaré que, desde a entrada em funções da gestão de Walter Chicharro, tem prestado uma ajuda regular, e muito importante, a este corpo de bombeiros”.

“O nosso objetivo é colocar a corporação no topo do distrito de Leiria”, declarou o comandante de 63 voluntários, cuja formação e equipamento pessoal têm vindo a ser reforçados, para que a “segurança de cada um esteja efetiva durante as ações que exigem toda a rapidez e eficácia às populações, e ao país”

A Associação Humanitária anunciou que pretende adquirir uma viatura de combate a incêndios florestais e remodelar as atuais instalações, criando um novo parque para arrumação dos carros de serviço e melhorando os balneários femininos, bem como a central.

“Contamos com o apoio de todos para cumprir o nosso objetivo, nomeadamente do senhor Presidente da Câmara, para a aquisição da nova viatura de combate aos fogos e as obras de remodelação das instalações”, disse Joaquim Morais, Presidente da Associação Humanitária para quem a “Nazaré possui o melhor corpo de bombeiros e o melhor comandante” no distrito de Leiria.

O Presidente da Câmara Municipal, Walter Chicharro, garantiu o empenho da sua Gestão em honrar os compromissos assumidos, anunciando que “no próximo ano iremos proceder à aquisição de uma viatura de comando”.

Para festejar os 89 anos, o autarca entregou um cheque de 33.300 euros à Associação Humanitários, que são o resultado “de metade da comparticipação anual da Câmara no âmbito do protocolo de apoios à Corporação, e a comparticipação dos Serviços Municipalizados para a compra o gerador”.

Walter Chicharro disponibilizou-se, ainda, para “estudar as necessidades dos Bombeiros Voluntários e ponderar as soluções para as mesmas” bem como “a avaliar, ao nível da comunidade intermunicipal, os possíveis incentivos a dar aos que se dedicam ao voluntariado, nestas associações”.

As três juntas de freguesia do concelho da Nazaré também entregaram, hoje, os seus donativos ao corpo de Bombeiros, tendo a Junta da Nazaré entregado 5 mil euros, a Junta de Famalicão 600 euros e a de Valado dos Frades 500 euros. 

Rui Vargas, Presidente da Federação Distrital de Bombeiros, deixou o elogio ao empenho da corporação na ajuda à Região e ao país, disponibilizando a Federação para o auxilio à Associação Humanitária.

Já Mário Cerol, em representação da Liga Portuguesa dos Bombeiros, reforçou que a “segurança é a prioridade numa atividade que envolve grande risco e dedicação”, pelo que solicitou o empenho dos decisores na “criação de condições de incentivo ao voluntariado e na atribuição de benefícios a quem se arrisca em prol da comunidade”.

A tónica do discurso do Comandante Distrital, Sérgio Gomes, foi na segurança dos voluntários numa altura em que se aproxima uma época delicada, e de forte solicitação das corporações.

“Sejam guerreiros e assertivos, mas mantenham a segurança de todos em primeiro lugar”, referindo-se ao palco de operações no combate aos incêndios florestais num ano que se prevê difícil depois de vários meses de forte pluviosidade, que enchem a Região de vegetação.

Já os empresários distinguidos com o grau de ouro, pela colaboração à Associação Humanitária, agradeceram o agradecimento público e comprometeram-se a continuar a contribuir para “um trabalho que tem em vista o bem de todos”.