Sociedade

Câmara homenageia mais um “embaixador da Nazaré” no Canadá - Adriano Codinha

A Câmara da Nazaré vai homenagear mais um nazareno que se destacou no estrangeiro como empreendedor, e responsável pela emigração de várias dezenas de pessoas, que conseguiram, com esta ação, uma nova oportunidade laboral e uma mudança nas suas vidas.

Adriano Codinha é, para a Autarquia, “um dos embaixadores” da Nazaré no Canadá e, por essa razão, será homenageado no próximo sábado, dia 18, no cineteatro da vila, às 21h00, numa sessão que será aberta a público em geral.

Este nazareno esteve mais de 50 anos no Canadá, onde construiu a sua própria empresa, ligada à pesca, juntamente com o sócio Tito Santos (SaCo), que chegou à liderança de empresas naquela área de negócio.

Adriano Codinha nasceu há 85 anos (25/12/1934). Emigrou para o Canadá em 1958

Desempenhou várias tarefas naquele país, destacando-se a sua passagem pelo aeroporto de Toronto, primeiro como responsável de armazém da maior companhia de aviação à época, depois como responsável pela restauração da companhia. Levou dezenas de nazarenos para trabalhar na empresa (limpezas), e iniciou os seus investimentos no setor imobiliário.

Foi em resposta ao desafio do amigo, que viria a ser seu sócio, Tito Batalha Santos, que Adriano Codinha inicia um novo desafio profissional, ainda a milhas de distância da Nazaré.

Em Leamington, compraram um barco e pesca e iniciaram-se numa nova área económica, que estava, na altura, ao rubro naquele país. 

Junto dos seus contactos, Adriano Codinha leva dezenas de nazarenos, pela emigração, até à pesca, no Canadá, onde empregaram o seu saber fazer, a experiência e bom desempenho que levaram nesta área.  

Dezenas de famílias foram formando laços naquela cidade: os homens na pesca. As mulheres na indústria sazonal. 

A SaCo, empresa criada pelos dois nazarenos, foi vingando entre inúmeras mudanças legislativas para a pesca, e chega a 1983 com 7 barcos, com um volume de negócios bastante lucrativo, e a líder de empresas nesta categoria.

Adriano Codinha regressa à Nazaré em 2013, para ficar.