Arquivo

Condições Meteorológicas Adversas até 8 de janeiro

De acordo com a informação adiantada pelo Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), espera-se precipitação moderada e persistente nas regiões Norte e Centro, com especial incidência na região do Vale do Tejo com acumulados que podem rondar 100 mm no Minho e Douro Litoral e 50 mm da região da Área Metropolitana de Lisboa; vento moderado (até 30 km/h) no litoral, soprando com intensidade até 45 km/h nas terras altas; agitação marítima forte com ondulação NW que poderá atingir os 16 m na costa ocidental Norte e Centro.

Face às condições esperadas, poderão ocorrer os seguintes efeitos: piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água; possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem; possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas historicamente mais vulneráveis; danos em estruturas montadas ou suspensas; possíveis acidentes na orla costeira; inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem; possibilidade de queda de ramos ou árvores e fenómenos geomorfológicos causados por instabilização de vertentes associados à saturação dos solos, pela perda da sua consistência.

Acompanhe as previsões meteorológicas em www.ipma.pt.