Educação

Conselho Municipal da Educação lança iniciativas para travar êxodo de alunos

Do encontro saiu um grupo de trabalho, composto por uma equipa de psicólogos, um dos serviços de psicologia de cada parceiro (Agrupamento, Externato, EPN, CERCINA e Município), e apresentada a conclusão do levantamento já efetuado acerca desta questão da saída de alunos para estabelecimentos de ensino de concelhos vizinhos.

“Tivemos a perceção que, apesar da diminuição demográfica existente, a população estudantil continuou a crescer em escolas de concelhos vizinhos e a diminuir no concelho da Nazaré”, disse Manuel Sequeira, Vice-Presidente da Câmara e representante do Município nesta equipa de trabalho, adiantando que a “ideia é encontrar uma resposta ao êxodo, e atrair, ao mesmo tempo, mais alunos à rede de escolas do concelho”.

Com o objetivo de colocar as escolas a trabalhar em rede, vão ser lançadas várias iniciativas, tais como um logotipo que identifique o sistema e o slogan “Da nossa Escola vê-se o mar” [da autoria de Liliana Zarro Balau]; assim como um folheto onde estará reunida toda a oferta educativa existente no concelho.

“Serão, ainda, preparados planos anuais de atividades conjuntas e lançado um questionário aos alunos do 4, 6º e 9º ano de escolaridade”, explicou o Vice-Presidente do Município.
Ainda de acordo com o responsável, a ideia da estratégia, que está a ser delineada para o ensino, é que “esta seja articulada entre os vários estabelecimentos”.

Incentivar os professores a serem os primeiros a criar o gosto aos alunos por estudar nos estabelecimentos de ensino da Nazaré é outro objetivo deste grupo de trabalho.