Política

Deslocação da Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência ao Município

A Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes, deslocou-se, hoje, ao Município da Nazaré para visitar a CERCINA - Cooperativa de Ensino, Reabilitação, Capacitação e Inserção da Nazaré e uma empresa de cerâmica, instalada em Valado dos Frades, tendo sido acompanhada pelo Presidente da Câmara Municipal, Walter Chicharro, e pela vereadora da Ação Social, Regina Piedade.

Ana Sofia Antunes iniciou a sua deslocação à Cercina, onde regressou, passados quase doze meses, após a inauguração do Lar Residencial e Residência Autónoma “Solar da Praia”, um investimento de aproximadamente 854 mil euros, cofinanciado pelo programa PARES – Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais, e que presta serviço a 25 clientes, com deficiência intelectual, multideficiência e diagnóstico duplo, onde foi recebida pelo presidente do Conselho de Administração da Cooperativa, Joaquim Pequicho.

Na ocasião, a Secretária de Estado ficou a conhecer alguns dos projetos que a Cooperativa tenciona desenvolver a curto /médio prazo, como a Remodelação e Requalificação do Edifício do Centro de Atividades Ocupacionais (CAO), o Licenciamento do serviço de apoio domiciliário para apoio à pessoa com deficiência e a Implementação do Centro de Apoio à Vida Independente.

A deslocação terminou com a visita à Nocal Cerâmicas, sediada em Valado dos Frades, fundada em 1984, cujo quadro de recursos humanos, com 50 funcionários, integra um colaborador com deficiência. 

A empresa manifestou a sua satisfação por aquela contratação e mostrou-se “disponível para a celebração de mais contratos com pessoas com deficiência” ao Instituto de Emprego e Formação Profissional.

Território inclusivo 

Ana Sofia Antunes presidiu, em 2019, à cerimónia do hastear da Bandeira da Acessibilidade no Município da Nazaré que venceu o prémio de “Praia + acessível” (2018), tendo-se referido à importância da política de promoção de territórios cada vez mais inclusivos. 

A inclusão foi anunciada como uma das principais metas de atuação do Município da Nazaré na melhoria da qualidade do seu território.

A Nazaré foi considerada a mais acessível das 214 existentes em território nacional. 

“Esta é uma parte em que decidimos apostar e com sucesso, porque estamos a ser cada vez mais procurados por turistas, e alguns com condicionalismos na sua mobilidade”, disse, reforçando que são necessárias infraestruturas de apoio melhoradas nas praias e em outros locais. As praias foram uma aposta simbólica que funcionou, mas toda a questão da acessibilidade é um enorme desafio que temos entre mãos”, disse Walter Chicharro, Presidente da Câmara da Nazaré.