Cultura

“Indústria Conserveira na Nazaré” em exposição no Centro Cultural da Nazaré

Abriu no dia 9 de maio a exposição “Indústria Conserveira na Nazaré”, uma exposição que pretende recuperar as memórias ligadas à tradição conserveira nesta praia piscatória, nomeadamente as referentes ao período de laboração daquela fábrica (anos 1930/40 – início dos anos 1980?).

Trata-se de uma exposição pioneira que dá a conhecer os primeiros resultados da investigação ainda em curso, reunindo informação documental e fotográfica que atesta, afinal, a existência de várias unidades conserveiras na Nazaré, desde finais do século XIX, muitas já caídas em esquecimento.

Em destaque estão, sobretudo, as memórias, documentos e objetos reunidos junto de antigas trabalhadoras da “Algarve Exportador”, que colaboraram na realização desta investigação, cedendo ao desafio de serem entrevistadas, seguindo um guião comum. O retrato é dado por uma geração, essencialmente nascida nos anos 1940, que aí trabalhou dos anos 1960 até ao seu encerramento.

No espaço urbano e nas memórias locais remanescem as estórias em torno da “Algarve Exportador”, uma das principais empresas do sector, com origem no Algarve e implantação nacional.

Agora que as “conservas” voltam a estar no paladar dos portugueses, e são um produto nacional para exportação, esta exposição marca uma atualidade. É uma “primeira mostra”, uma exposição de memórias e a abertura de um caminho…

Eventos associados à exposição:
09-maio
15h30
Inauguração da exposição com a atuação do Rancho “Velha Guarda” do Folclore da Nazaré

16-maio
18h00
Welcome Drink e Degustação “Sabores da Nazaré – as Conservas” pela EP Nazaré e Granja de Cister – Cooperativa Agrícola de Alcobaça

18-05
17h30
Tertúlia “Das memórias das Conservas à gestão sustentável dos recursos”