Ambiente

Município da Nazaré sobe no ranking da certificação ambiental do Programa nacional Eco XXI

A Nazaré subiu do 70º lugar para a 14ª posição no ranking de 62 Municípios portugueses que se candidataram ao Programa composto por 21 indicadores que permitem aferir o comportamento de cada município no caminho da sustentabilidade.  

De acordo com os resultados divulgados pela Associação Bandeira Azul (ABAE), promotora do programa EcoXXI, a Nazaré obteve 75% da pontuação, registando uma subida de 75% em 2020 de um galardão de certificação da qualidade ambiental.
 
“O Município da Nazaré tem vindo, de forma gradual e sustentada, a dar passos no sentido de implementar medidas que visam a melhoria das condições de vida dos munícipes e de quem nos visita. A aposta na componente ambiental é determinante no sucesso deste concelho. O resultado obtido no projeto ECO XXI é, tão somente, o efetivar dessa aposta. Se é verdade que o concelho da Nazaré já se enquadra numa elite nacional, também é verdade que o caminho trilhado ainda tem etapas a concretizar. Não trabalhamos para a obtenção de galardões, mas saber que as ações desenvolvidas são reconhecidas leva-nos a acreditar que estamos no caminho certo”, disse o vereador da Câmara, Orlando Rodrigues.

O programa Eco XXI, implementado desde 2005, por iniciativa da Associação Bandeira Azul da Europa, tem como finalidade reconhecer as melhores práticas de sustentabilidade ao nível municipal, através da avaliação de 21 indicadores e 71 subindicadores nas áreas ambiental, social e económica.

Este ano, o Eco XXI incluiu, pela primeira vez, indicadores específicos no âmbito das alterações climáticas e saúde e bem-estar, sendo ainda considerados temas como a educação para a sustentabilidade, cidadania, participação e governança, ordenamento do território, gestão e conservação da floresta; qualidade do ar, mobilidade sustentável e turismo sustentável, entre outros.