Cultura

Nazaré estará presente nas Jornadas Europeias do Património 2020

Terão lugar nos dias 25, 26 e 27 de setembro as Jornadas Europeias do Património 2020, este ano subordinadas ao tema Património e Educação

Pretende-se com este tema sensibilizar para o papel do património na educação e para o papel da educação no património, para a riqueza e para a complexidade desta relação – na literatura, nas artes, nos monumentos, na dança, no teatro, na paisagem, nos jogos, nos museus, na fotografia, nos sítios arqueológicos ou na música, entre muitos outros.

Às habituais iniciativas promovidas nestas datas, como visitas guiadas e temáticas; espetáculos artísticos; exposições; palestras ou ateliers, que deverão ser desenvolvidas com a segurança que se impõe, há, ainda, a oferta de visitas e exposições virtuais, apresentações, filmes e todo o tipo de iniciativas que possam ser fruídas online.

A Nazaré volta a marcar presença nesta iniciativa com a Exposição “Nazareth em 1904”, que o público poderá visitar no Centro Cultural da Nazaré.

A Nazare(th) em 1904 A exposição que agora se apresenta repõe, mais uma vez, a importância da documentação como elemento de memória, de reconstituição de uma identidade social e cultural que, tendo-se modificado ao longo das décadas, permanece, ainda, na memória da comunidade do concelho da Nazaré. 

Os ancestrais “diálogos” com mar, a dor, o luto, mas também os sorrisos, as produções agrícolas, as romarias, a implantação de equipamentos industriais, a inovação nos tratamentos com base na água do mar, os melhoramentos estruturais, assim como o crescimento e afirmação da Nazaré como destino de turismo, fizeram parte de um tempo diferente, de um tempo que apenas poderemos “imaginar” a partir da leitura desses documentos que, na sua essência, perpetuam nos seus conteúdos informações que nos permitem entender os acontecimentos mais relevantes ocorridos no ano de 1904. 

Aqui se apresentam os conteúdos do jornal semanal “ A Nazareth”, os registos de passaporte do Fundo do Governo Civil de Leiria, informações constantes nas Actas da Câmara Municipal do Concelho da Pederneira e, também, o exposto no trabalho do nosso conterrâneo José Soares. Pela importante informação que se conhece para outros anos, não podemos deixar de dar continuidade a este ciclo, agora iniciado no ano de 1904.

Horário da Exposição
2ª a 6ª feira:  9h00-13h00 e 14h00-17h00
Domingos e feriados: 10h00-13h00 e 14h00-18h00
Entradas gratuitas, limitadas a 10 pessoas de cada vez.