Atualidade

Nazaré recebe Novo Ano com fogo-de-artifício e música

A Nazaré recebeu o Novo Ano com fogo-de-artifício e música. A festa de rua fez-se por toda a marginal, com milhares de pessoas a circular entre os palcos, e a contemplarem, à meia-noite, mais um grande espetáculo de fogo-de-artifício.

Vários Djs animaram a noite nazarena, que teve início com o concerto da Banda Magma. A multidão de milhares de pessoas respondeu ao convite para estar presente em três dias de festejos de despedida de 2018 e boas vindas a 2019, junto ao mar.

Os Expensive Soul tocaram no dia 30 e proporcionaram uma “noite especial” à multidão que se juntou para celebrar o fim de ano na Nazaré. O segundo concerto do evento Passagem de Ano do Município serviu, também, para a banda, formada em 1999, “comemorar a discografia com as pessoas e fazer uma pré-celebração dos nossos 20 anos de existência”.

“Viemos para entreter, e é muito bom poder partilhar isto com as pessoas, neste cenário. Não é em qualquer sítio que podemos tocamos na praia e celebrar este evento junto do mar”, disseram Tiago Novo (New Max)  e António Condo MC (DEMO).

A festa da Passagem de Ano na Nazaré teve início no dia 29 com o concerto de Rosinha. A artista, com os seus indispensáveis adereços (óculos e o acordeão) e a sua boa disposição, subiu ao palco perto das 23h00, e pôs a multidão a cantar todos os seus temas musicais. A atuar pela primeira vez na Nazaré, Rosinha confessa que a vila faz parte do seu roteiro de visita: "De passeio, de vez em quando, visito a Nazaré".

O evento foi organizado pela Câmara Municipal. A dinamização da economia local foi um dos principais focos desta medida de alargamento dos festejos a mais que um dia. “A diferenciação do modelo da Passagem de Ano, com concertos antes do dia 31, pretende contribuir para o aumento do tempo médio de estada dos que nos visitam nesta época”, diz Walter Chicharro, Presidente da Câmara Municipal.

Apoios ao evento: Yamaha e Mercedes-Benz