Atualidade

Nazaré vai manter ações promocionais em feiras mundiais

O Município da Nazaré terminou a sua participação na FITUR, a maior Feira do setor na Europa, que decorreu de 23 a 27 de janeiro, em Madrid (Espanha), com um balanço bastante positivo pelos contactos estabelecidos. 

No geral, o público que se dirigiu ao balcão do Município afirmou conhecer a Nazaré e as suas principais características, nomeadamente as ondas grandes e o destino de férias de praia no Verão, tendo uma grande parte declarado já ter estado na vila ou no concelho em passeio ou férias (uns há mais de duas décadas e outros mais recentemente).

É junto dos mais jovens que se encontra a maior disponibilidade para descobrir este destino turístico, nomeadamente os novos produtos de mar (surf/ondas), embora os agentes e promotores de viagens tenham, também, apontado o seu interesse em manter ou integrar a Nazaré (pela paisagem, história e cultura e mar) nas suas ações promocionais.

Do lado dos ganhos, a presença na FITUR serviu para afirmar as marcas Nazaré e Praia do Norte junto de uma das nacionalidades que tradicionalmente mais visita o concelho, e estabelecer novos contactos, nomeadamente com os que ouviram falar neste destino, mas desconhecem a sua localização. 

“A aposta promocional nos maiores eventos mundiais do setor do turismo tem vindo a ser feita desde a entrada em funções desta Gestão (2013), e não poderíamos deixar de estar presente na maior Feira que se realiza na Europa, e num dos destinos que faz parte da estratégia promocional do nosso país”, diz Walter Chicharro, Presidente da Câmara Municipal.

As ações promocionais do Município irão manter-se porque “têm sido um fator importante na dinamização económica local” ao darem a conhecer a história, a paisagem e as tradições, aliadas aos novos produtos desenvolvidos nas condições naturais oferecidas pela natureza desta costa, como o surf das ondas grandes.

“Não foi por acaso que a Nazaré abriu os jornais informativos das estações de televisão presentes neste certame, nomeadamente através da diferenciação que levou até ao evento, com a presença de dois representantes das tradições etnográficas (um casal de nazarenos vestidos com os trajes tradicionais), que se mantém como uma das imagens de marca mais fortes das origens deste concelho e nos diferencia”, refere o autarca.