Arquivo

O Carnaval da Nazaré está na rua

A primeira grande manifestação de rua é, como dita a tradição, o S. Brás, a 3 de fevereiro. Esta romaria ao monte de S. Bartolomeu é uma celebração ancestral que marca, há décadas, o arranque do Carnaval na Nazaré.

O costume da subida à capela de S. Bartolomeu, que se faz através de uns íngremes degraus, até alcançar uma das mais belas vistas panorâmicas de toda a região vem de longe.

No sopé do monte, milhares de pessoas acampam durante o dia e, em jeito de piquenique, à volta de fogueiras, assam carne e enchidos, regados com boa disposição.

É neste cenário de grande animação, com gente “ensaiada”, que decorre a festa de arranque do Carnaval da Nazaré, e também, onde se faz a primeira a apresentação oficial dos Reis do Carnaval 2015, cujos nomes serão relevados brevemente!

A festa regressa à rua a 7 de fevereiro, um dia marcado pela saída dos grupos Bicicletas; Trotinetas; Alberquêras; Tenantas e Penantes da Sakanagem. O “Sábado Magro” é de convívio entre os componentes de cada grupo e funciona, há anos, como um “anúncio da chegada da grande folia, o Carnaval”, referem.

Como é habitual, à tarde, os Penantes da Sakanagem realizam a sua matiné dançante no Mar Alto e, à noite, no Casino, tem lugar o Baile de Máscaras, onde grande parte destes grupos costuma fazer a sua aparição, animando, ainda mais, o local.

O dia 13 de fevereiro, sexta-feira, é destinado aos mais pequenos. Com um desfile sob o mote “Carnaval 2015: Não me sai da Cabeça”, as crianças que frequentam o ensino básico do concelho irão mostrar as suas fantasias, a partir das 15h00, numa festa que irá dar ainda mais vida à Marginal.

É no sábado, dia 14, que a organização apresenta uma das estreias: o Desfile Noturno. O Carnaval andará pela Marginal, a contagiar todos com a sua alegria, a partir das 22h30.

No domingo, dia 15, volta a cumprir-se uma longa tradição: a cerimónia de passagem de testemunho dos Reis do Carnaval 2014 [Paula Galego e Emílio Conde Vasco] aos de 2015, no Paço Real, Sítio da Nazaré. Depois da habitual descida do corso, seu reinado até à Praia, realiza-se o desfile de mascarados e de carros alegóricos, às 15h00. A festa de rua, com os carros, os grupos, e a maneira muito própria de assinalar esta data, regressa, depois, na terça-feira, dia 17, à marginal, a partir das 15h00.

Durante este período decorrem os bailes nas salas da Associação Recreativa Pederneirense; Associação Recreativa Planalto; Circulo Cultural Mar-Alto; Casino Salão de Festas; Biblioteca de Instrução e Recreio de Valado dos Frades e Clube Recreativo Estrela do Norte (Famalicão), ao ritmo das marchas de carnaval e ao som de bandas locais.

A animação termina a 18 de fevereiro, Quarta-feira de Cinzas, com o Enterro do Entrudo, cortejo que tem, tradicionalmente, início junto ao Centro Cultural da Nazaré e termina, com o habitual julgamento das festividades, num palco instalado no areal, em frente à Praça Sousa Oliveira.

O Carnaval na Nazaré distingue-se pela sua espontaneidade e pela forma profunda como é vivida pelas gentes locais.

Siga a informação regular sobre o Carnaval 2015 em: http://www.carnavaldanazare.pt/.
Neste sítio da internet encontram-se várias informações acerca desta festividade, bem como fotografias e a mascotes do ano, para download.