Turismo

A paisagem e o traje despertam interesse no Salão Mundial de Turismo

O traje tradicional e a paisagem marítima foram dois dos elementos que mais chamaram a atenção dos visitantes do Salão Mundial de Paris, um dos principais certames dedicados ao turismo, que se realiza nesta cidade francesa.

Instalado no principal acesso à feira, o stand do Município da Nazaré, das poucas representações do nosso país naquele evento, chamou a atenção pela beleza da paisagem (representada por fotografia e vídeo), mas também pela tradição, presente através de dois nazarenos vestidos com o traje tradicional.

As ondas grandes, e os feitos alcançados pelos surfistas, divulgados mundialmente pela comunicação social, atraíram outros visitantes até ao balcão da Nazaré, sobretudo os mais jovens.

Dos visitantes do stand do Município, uma parte admitiu conhecer este destino, por visita realizada há alguns anos, outra manifestou vontade de experienciar de perto a oferta.

Fora do recinto da feira, por diversos pontos da cidade parisiense, a Nazaré foi, também, uma marca reconhecida pelos franceses contactados ao acaso. De novo, a paisagem e as tradições, ligadas ao traje, foram duas das recordações mais vezes apontadas sobre este destino, que um número crescente vai conseguindo identificar na Península Ibérica, por um lado, e no mapa do país, por outro.

A Nazaré é, cada vez mais, uma marca global. A sua promoção em eventos de turismo tem sido regular. França é um dos principais emissores de turistas com destino ao concelho, e esta presença “visou reforçar o posicionamento das marcas do Município (Nazaré e Praia do Norte) em certames onde se fazem representar os principais destinos turísticos mundiais, manter o fluxo turístico deste país, e atrair novos consumidores”, explica Walter Chicharro, Presidente da Câmara Municipal.