Ambiente

Plano Operacional Municipal 2015 de defesa da floresta na Nazaré está em vigor

Está em vigor o Plano Operacional Municipal de defesa da floresta da Nazaré para este ano. O documento foi aprovado no dia 21, em reunião da Comissão Municipal de Defesa da Floresta contra incêndios.

O Plano Operacional Municipal (POM), planeado e desenvolvido pela Comissão Municipal de Defesa da Floresta (CMDF), engloba as ações de vigilância, deteção, fiscalização, 1ª intervenção e combate definidas no Plano Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios (PMDFCI).

Garantir a segurança de pessoas e bens; Proteger os povoamentos florestais; Reforçar a capacidade de dissuasão e fiscalização; Melhorar o sistema de vigilância e deteção de incêndios florestais; Garantir uma primeira intervenção rápida, eficaz e coordenada; Reduzir a área ardida e o número de ocorrências são os princípios orientadores deste Plano.

As medidas, que constam do POM, aplicam-se a toda a superfície do concelho com espaços florestais, definidos segundo os critérios do Inventário Florestal Nacional (terrenos ocupados com floresta, matos e pastagens ou outras formações vegetais espontâneas).

“A prevenção, que começa pela silvicultura preventiva, a vigilância e a 1ª intervenção são essenciais na diminuição do número de ocorrências e da área ardida”, refere a Comissão Municipal de Defesa da Floresta (CMDF).

“O inventário dos meios disponíveis no concelho, bem como a articulação destes meios e das entidades envolvidas no sistema de DFCI é fundamental. É deste modo que contribuímos para minimizar os riscos socioeconómicos e ambientais provocados pelos incêndios”, pode ler-se, ainda, no documento, que se encontra disponível em: http://www.cm-nazare.pt/sites/default/files/documentos/pom2015.pdf