Arquivo

“Presépios Tradicionais da Nazaré” em exposição na antiga lota

Dos presépios tradicionais em barro aos mais atuais, a exposição mostra a evolução das representações do nascimento de Jesus, ao longo de várias décadas.

A representação da sede do concelho, com os três núcleos populacionais – Praia, Pederneira e Sítio – é um dos destaques desta exposição, composta por mais de 150 bonecos em miniatura, vestidos com os trajes típicos, e os vários edifícios com história e património arquitetónico representado, como a Casa da Câmara, da Pederneira; o elevador que liga a Praia ao Sítio; o Santuário de Nossa Senhora da Nazaré; o Coreto; a Ermida da Memória; o Forte de S. Miguel Arcanjo; as hortas da Pederneira; a marginal; os challets e as casas típicas dos pescadores.

“Temos aqui representado o período 1930-1940, para nós o que mais características interessantes apresenta, do ponto de vista cultural e típico da Nazaré”, disse Fernando Barqueiro, do Grupo Etnográfico, adiantando que pretende, através desta exposição, mostrar “as salas de visita da Nazaré e as raízes culturais de cada um dos núcleos populacionais, com grande significado histórico para a formação desta povoação”.

Composta por cinco grandes presépios, a exposição apresenta, ainda, outra criação do Grupo Etnográfico Danças e Cantares da Nazaré, o presépio “nazareno”, em que as figuras envergam os trajes tradicionais locais. O cenário do nascimento de Jesus é uma embarcação de pesca típica.

Manter viva a tradição e costumes do festejo desta quadra são alguns dos objetivos desta mostra.

Os “Presépios Tradicionais da Nazaré” podem ser visitados de segunda a domingo, das 9h30 às 13h e das 14h30 às 18h00.

A entrada é gratuita.