Segurança

Proteção Civil Municipal testa meios de socorro em simulacro no Ascensor

O exercício teve por base um problema numa das carruagens que levou ao acionamento do sistema de travagem de emergência, provocando seis feridos, um dos quais com gravidade, e envolveu 55 socorristas, das corporações de Bombeiros da Nazaré, Alcobaça, Benedita, S. Martinho do Porto e Pataias, auxiliados pela Autoridade Nacional de Proteção Civil, que enviou para o local um veículo de comando de operações, e ainda pela autoridade local da Proteção Civil, coordenada pelo Presidente da Câmara, Walter Chicharro.

No final do exercício, João Estrelinha, comandante dos Bombeiros Voluntários da Nazaré, classificou “a resposta eficaz de todas as equipas envolvidas, desde o alerta, passando pela coordenação no terreno ao nível do socorro, até à evacuação dos feridos para as unidades hospitalares mais próximas”.

Por seu turno, o responsável pela Proteção Civil Municipal, Walter Chicharro, afirmou que estava “bastante satisfeito com o resultado do simulacro”, realçando, em seguida, “a importância destes exercícios para a capacitação do serviço municipal de proteção civil, assim como na preparação das equipas para que numa situação real estejam preparadas para agir”.

O exercício deste domingo teve, também, como objetivo testar o Plano de Emergência e treinar os ocupantes com vista à criação de rotinas e ao aperfeiçoamento dos procedimentos em causa.