Política

Reabertura do Ascensor da Nazaré está prevista para 15 de maio

O Ascensor da Nazaré deverá retomar o normal funcionamento na próxima terça-feira, dia 15 de maio.

O serviço foi suspenso por motivos de segurança depois de se ter verificado a queda de blocos de pedra da arriba para o túnel.

“Após a deteção da queda de pedras, apesar destas terem ficado retidas numa rede protetora, a primeira entidade a quem foi comunicada a suspensão de atividade do Ascensor, e explicados os motivos, foi a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), por ser a entidade que tutoria a área de arriba sobranceira ao túnel”, explica Orlando Rodrigues, Vereador na Câmara e vogal dos Serviços Municipalizados.

A APA deslocou-se ao local no passado dia 30 de abril, e delegou a resolução do problema na entidade gestora do Ascensor (SMN) por falta de meios para responder dentro do prazo solicitada pela Nazaré.

A intervenção ficou concluída no final do dia 10 de maio, estando a data prevista de reabertura do Ascensor a aguardar autorização da entidade que efetua a fiscalização à segurança de funcionamento destes equipamentos.

“Apesar da APA já ter visitado o local depois das obras, e ter avalizado a supressão do risco”, aguarda-se que comunique o seu parecer “ao IMT e à entidade que procede à fiscalização de segurança do equipamento”, esclarece Orlando Rodrigues.

Da análise da APA aos trabalhos realizados, realce para a retirada dos blocos acumulados na base do talude sobrejacente ao túnel, aliviando a tensão sobre a rede; bem como o reforço desta (em alguns locais) e o seu reajustamento à face do talude, com a colocação de dois cabos de aço e dois panos de rede sobrepostos, que aumentaram a capacidade de resistência face a novas ocorrências. 

Para a Agência Portuguesa do Ambiente “foi reposta a situação pré-existente à recente ocorrência de queda de blocos”.

“Não obstante, a solução de estabilização existente assume um carácter provisório até à concretização da intervenção de fundo programada pela APA, para a área em apreço”, refere a Agência.

O investimento desta intervenção foi assumido pelos Serviços Municipalizados da Nazaré, que aproveitaram a paragem para intervir na estrutura da Gare do Sítio e nos carros.

“Os valores finais só serão apurados após a conclusão dos trabalhos, uma vez que não foi fácil estimar um orçamento para a sua execução numa fase preliminar, até porque estes poderiam não ir de encontro com os requisitos de segurança impostos pela APA e pela entidade que avalia as condições de segurança do Ascensor”.

O Ascensor é um dos postais promocionais da Nazaré e um dos transportes de passageiros mais dinâmicos do país, com um crescimento de procura acima da média. Transportou 948 mil passageiros em 2017 (em 10 meses de funcionamento), sendo, segundo o IMT, o ascensor que transporta mais passageiros no país, batendo Santa Justa (Lisboa) e Guindais (Porto).