Cultura

Requalificação de acessos e do Forte de S. Miguel Arcanjo avaliada em 1 milhão de euros

1 milhão de euros é o investimento previsto para a Requalificação  do Forte de S. Miguel Arcanjo e dos acessos ao monumento, principal pórtico de visualização das ondas grandes na Praia do Norte no mundo.

O Presidente da Câmara da Nazaré anunciou, este sábado, dia 20, durante a reabertura do Forte de S. Miguel Arcanjo, que a Direção Geral do Património Cultural apresentou um projeto para a requalificação daquele monumento, no valor de 500 mil euros.

“A autarquia está disponível para efetuar esse investimento e ficar na posse administrativa do Forte”, afirmou Walter Chicharro, que desde a sua tomada de posse da Presidência da Câmara, em outubro de 2013, desenvolveu vários contactos com a administração central para que a Nazaré pudesse ficar com a posse administrativa deste equipamento cultural.

Na mesma ocasião, Walter Chicharro referiu que a Câmara tem em projeto a requalificação dos acessos à Praia do Norte e ao Forte, num investimento estimado de meio milhão de euros.

Entre vários aspetos, o plano prevê a pavimentação Estrada do Forte e a instalação de um passeio pedonal até à Praia do Norte, onde será embutido o “Passeio da Fama”. Ao longo do percurso, far-se-á a referência ao nome dos que têm levado o nome da Nazaré, e as ondas desta costa, além-fronteiras.

“Será a nossa homenagem a todos quantos têm contribuído para que a Praia do Norte seja, hoje, a mais internacional do país”.

Sem adiantar mais pormenores, o autarca disse que irá apresentar este projeto publicamente, em breve.

O Forte de S. Miguel Arcanjo reabriu ao público, no âmbito de um entendimento entre a Câmara Municipal e a tutela deste equipamento patrimonial, com o concerto de boas-vindas por Nuno Santos Violin, e novos conteúdos.

O objetivo da nova temporada de visitas é atingir as 200 mil visitas e proporcionar o conhecimento de parte da histórica da Nazaré, de um local que se tornou numa referência do surf mundial e das bases científicas sobre a formação da famosa onda gigante da Praia do Norte (Centro Interpretativo do Canhão da Nazaré – Sala Instituto Hidrográfico).

Em 2015, durante os onze meses em que esteve aberto ao público, o Forte foi visitado por 125 mil pessoas.

O espaço reabriu com novos conteúdos expositivos e um novo espaço de atendimento ao visitante, onde se localiza, também, a loja da Praia do Norte, que, em breve, terá mais um produto para venda, as Pranchas para Town-in e GUNS, com a assinatura da empresa CRAVE, desenhadas de propósito para a marca pelo shaper João Vidinha.

“É um forte contributo para o engrandecimento da linha de produtos de merchandising Praia do Norte”, rematou Walter Chicharro.