Arquivo

Teatro de rua na Praça Manuel Arriaga

A ter lugar na Praça Manuel Arriaga, pelas 21.30 horas, esta produção da Companhia de Teatro Regional da Serra de Montemuro inspira-se no universo da emigração portuguesa para proporcionar ao público alguns momentos de boa disposição.

Na pequena aldeia de Pepino, tudo corre com monotonia e normalidade. Os seus pais, a Tia Maria e o Tio Manel tratam dos seus campos e das suas galinhas, lamentando as saudades que têm dos oito filhos, em especial do Pepino. Mas eis que, de repente, surge um barulho familiar. A famosa moto-cultivadora da Tia Maria e do Tio Manel está de volta e, com ela, vem Pepino, com um estilo muito diferente daquele que seus pais estavam habituados a ver.

Pepino conta a seus pais as aventuras e desventuras que teve na Suíça, país para onde ele e sua esposa foram morar. Só não conta a verdadeira razão de voltar para casa. Isso é o que o publico vai descobrir neste espectáculo.

Através de um aprofundado estudo de clown e de teatro participativo, “O REGRESSO DO PEPINO” é, sobretudo, um espectáculo cómico e divertido, mas também uma afirmação de valores positivos da vida.

O Teatro Regional da Serra do Montemuro nasceu em 1990, produto do encontro entre artistas locais, nacionais e internacionais, na pequena aldeia de Campo Benfeito, no alto da Serra do Montemuro.

Uma das características principais da companhia em termos artísticos é a sua forte aposta na criação de textos originais, inspirados no mundo à sua volta. As peças são concebidas num processo colectivo que une actores, escritores, encenadores, cenógrafos e compositores na criação destes espectáculos.

O teatro do TRSM inspira-se na cultura popular, desde as máscaras de Lazarim até aos Santos Populares e do cinema mudo até ao fado, sem nunca criar espectáculos “fáceis” ou condescendentes. É um teatro contemporâneo, com raízes forte e assumidamente no meio rural, e com a sua actividade em todo território nacional e cada vez mais no palco Europeu.

A passagem de “O Regresso de Pepino” pela Nazaré é uma organização da Câmara Municipal da Nazaré, no âmbito do programa “ArtemRede – Teatros Associados”.

Ficha Artística
Texto: Criação colectiva
Encenação: Walter Janssens, TRSM
Direcção Musical: Walter Janssens
Cenografia: Helen Ainsworth
Figurinos: Helen Ainsworth
Construção de Cenários: Carlos Cal
Desenho de Luzes: Paulo Duarte
Interpretação: Abel Duarte, Eduardo Correia, Paulo Duarte e Célia Fechas
Produção Executiva: Paula Teixeira
Direcção de Cena: Abel Duarte