Arquivo

“Trabalhos em Madeira” de Alberto Constantino na Galeria Municipal

As obras, em baixo relevo, foram realizados há 17 anos, mas são, agora, expostos, no local dedicado à promoção dos artistas locais.

Retratam, na sua maioria, “a lenda de N. Senhora da Nazaré porque é um tema que me interessa e é uma parte relevante do nosso património cultural”, disse o autor dos quadros expostos na Galeria, explicando, ainda, que escolha pela madeira se deve “a uma aptidão” para trabalhar neste material.

A primeira exposição realizada por Alberto Constantino aconteceu em 1997, em Leiria, na delegação do Instituto Português da Juventude, mas também já deu a conhecer alguns dos seus trabalhos no Centro Cultural da Nazaré e no Teatro Chaby Pinheiro.

Na abertura da exposição, o vereador Manuel Sequeira, recordou que a Galeria Municipal é, agora, o local “dedicado aos artistas nazarenos e que, brevemente, terá o nome de um deles”, estando o processo de escolha ainda em curso.

Biblioteca Municipal da Nazaré
A Biblioteca Municipal da Nazaré localiza-se na Av. Grupo Desportivo “Os Nazarenos”, junto à Avenida do Município. O edifício caracteriza-se pela sobriedade arquitetónica, com recurso a materiais nobres como o vidro, a madeira e o metal, privilegiando a transparência, a iluminação natural e a amplitude das áreas.

Caracterizada por uma ampla polivalência, assente na diferenciação de espaços com funções e públicos-alvo específicos (sala infantil/juvenil, sala de adultos, zona HI-FI, etc.), a nova Biblioteca Municipal da Nazaré oferece, ainda, uma Bébeteca (espaço de aprendizagem ativa para bebés e crianças dos 0 aos 3 anos), uma Bedeteca (espaço dedicado à banda desenhada), uma cinemateca e uma fonoteca, um planetário (espaço de conhecimento e de observação dos céus), entre outros serviços.