Praias da Nazaré

A Nazaré, praia integrada na área urbana pelo casario da marginal, limitada a norte pelo promontório e a sul e pelo molhe do porto de abrigo, apresenta, no Verão as tradicionais barracas de pano com riscas de cores fortes, possui uma beleza inigualável. É um dos locais mais procurados por visitantes, turistas e veraneantes, como destino de sol, mar, de areias claras e lazer.

Com um areal imenso, onde se instalaram, nos últimos anos, equipamentos modernos que aproveitam os benefícios o mar da Nazaré para o bem-estar e saúde, a Praia da Nazaré é, ainda, um local de forte presença de tradições, onde, se veem, por vezes, alguns pescadores, mais antigos, a coser redes ou simplesmente a contemplar o mar, por onde passam mulheres vestidas com o traje tradicional e onde se localizam os "paneiros", utilizados para secar o peixe (uma tradição antiga), perto do Centro Cultural (antiga lota).

Conhecida como uma das mais tradicionais vilas piscatórias portuguesas, a Nazaré possui a praia de banhos mais concorrida do litoral Oeste.

Prolongando-se pela marginal (entre a Avenida Manuel Remígio e Avenida da República), onde se localizam muitos estabelecimentos comerciais, entre as quais, restaurantes, cafés, bares e lojas de artesanato, a Praia da Nazaré convida a um passeio de contemplação do mar, a qualquer altura do dia.

Pelas suas condições de mar, as ondas da Nazaré são muito procuradas por surfistas e praticantes de bodyboard, de várias nacionalidades, mas é, sobretudo no verão, uma praia da família, oferendo excelentes condições de segurança para banhistas de várias idades e com diferentes condições de mobilidade.

Para apreciar toda a extensão desta beleza natural, vale a pena subir ao Sítio da Nazaré, pelo Ascensor, a funcionar há mais de um século como um meio de transporte de ligação entre centro da vila e aquela povoação, contemplar a paisagem dos vários miradouros ou seguir, para sul, para a Serra da Pescaria, em Famalicão, de onde se avista, igualmente, toda a costa e se respira o cheiro da liberdade, da vegetação e da maresia.

Aqui, localiza-se a Praia do Salgado, estância contemplada, durante algumas épocas, com a Bandeira Dourada, pelas suas qualidades naturais, que tem mantido ao longo de décadas.

Situada entre a Nazaré e S. Martinho do Porto (Alcobaça), na freguesia de Famalicão, a Praia do Salgado, com um areal de perder de vista, é, também, referenciada como praia naturista, área que se localiza mais norte do parque de estacionamento e começa junto a uma grande duna.

Com um areal de cerca 6 km de comprimento por cerca de 100 m de largura, tem um acesso principal, pelo qual se chega perto do areal. O mar é perigoso e esta é uma praia não vigiada.

A beleza selvagem deste local é o cenário privilegiado para a prática de desportos de natureza e de ar livre, com especial destaque para o parapente e asa delta.

Entre a Praia da Nazaré e a Praia do Salgado, encontramos a Praia do Sul. De acesso condicionado, entra-se, para este local, através do Porto de Pesca (entrada paga), chegando-se à praia através de uma estrada em terra.

Dadas as condições do mar, as ondas da Praia do Sul são muito procuradas por surfistas e praticantes de bodyboard. É aqui que se realizam, muitas vezes, Campeonatos Nacionais destas modalidades, quando as condições de mar, na praia urbana ou na praia do norte, o não permitem.

Dona de uma beleza única, a Praia do Sul é rodeada de dunas e, também, bastante procurada, durante a época balnear, por alguns banhistas que procuram o silêncio para apanhar banhos de sol.